| Mapa do Site |

Tamanho do Texto: Grande / Normal / Pequeno |

 
             
  Home Sobre nós   Segmentos   Produtos & Serviços   Novidades   Contato
 

Novo e-mail - vendas.eurotherm.br@schneider-electric.com

Telefone - +55 19 3112-5333

Você está aqui >> Home >> Produtos & Serviços >> Controladores >> Multi Loop >> 2704 Controlador Avançado >> FAQ

Produtos & Serviços

Controladores

Multi Loop

2704 Controlador Avançado

FAQ - Respostas

2704 (2604) FAQ - Perguntas e Respostas Freqüentes

 

Se eu encomendar um instrumento básico sem módulos quantas entradas e saídas eu terei?
O hardware padrão tem 1 entrada universal PV e uma entrada analógica de alto nível. Também tem 7 entradas/saídas digitais que podem ser configuradas com entradas ou saídas, uma entrada digital e um relé de troca (forma C). Comunicação com o 2000IO expander também está incluída. Os terminais IO expander pode ser usado como uma entrada digital extra com o resistor externo se o IO expander não estiver sendo usado.

 

Por que eu preciso de uma microboard para conexões Profibus?
Componentes extras precisam ser encaixados na microboard para o Profibus. Não incluímos como padrão, pois elevaria muito o preço padrão.

 

É necessário uma microboard diferente para DeviceNet?
Não todos os circuitos DeviceNet estão inclusos no módulo DeviceNet.

 

Como eu faço a interface para Entrada/Saída lógica fixa?
Por favor, consulte o TN137 e TN154.

 

Quantos termopares posso conectar diretamente sem transmissores externos?
O total é cinco, que também se aplica ao RTD, mV e Volts de alta resistência. As entradas são padrão PV, módulo de entradas PV (slots 3 & 6) e módulo de entrada AM (slots 1,3,4 & 6)

 

Posso conectar dois sinais analógico ao módulo DP?
Sim, um sinal de baixo nível (TC, RTD, mV) e um de alto nível (Volts, Volts Z alto). De qualquer maneira tome cuidado, pois estas entradas não são isoladas uma da outra.

 

Quantas entradas mA podem ser conectadas diretamente ao 26/2704?
São 8 no total: entrada PV padrão, entrada padrão analógica, módulos AM nos slots 1 & 4 e módulos DP nos slots 3 & 6. Tenha cuidado pois nem todas as entradas são isoladas.

 

Por que só posso conectar módulos de entradas PV ou DP nos slots 3 & 6?
Estes módulos são entradas de altíssima precisão que requerem alguns circuitos não presentes em outras posições.

 

Por que não posso conectar um módulo AM no slot 5?
O sensor CJC no módulo PCB interfere com os conectores posteriores do terminal.

 

Quais são as barreiras de isolamento presente no instrumento?
A entrada/saída digital padrão e entrada analógica de alto nível não são isoladas do trilho de 0V e por isso não são isoladas entre si, mas são isoladas da fonte principal. A entrada padrão PV é totalmente isolada com reforços. Todos os módulos são totalmente isolados, mas alguns canais dentro dos módulos não são. Os termopares e outros sensores conectados ao 26/2704 podem estar em modo comum potencial de corrente.

 

Por que não se pode usar o slot 2 para um módulo de Entrada/Saída?
Se um módulo de Entrada/Saída for conectado ao slot 2 o interior do instrumento ficará quente demais. O slot 2 será usado para um módulo de memória que irá gerar o mínimo de calor.

 

O que está incluso no conjunto de ferramentas padrão?
São 8 operações digitais, 4 temporizadores, 4 totalizadores, 3 blocos de linearização customizados, 3 blocos de transdução de escala, relógio de tempo real, bloco do monitor e bloco de troca.

 

O que está incluso no conjunto de ferramentas nível 1?
São 16 operações digitais, 16 cálculos analógicos, 4 valores de usuários, gerador de padrão, programador digital (pulso), blocos analógicos de troca, 4 temporizadores, 4 totalizadores, 3 blocos de linearização customizados, 3 blocos de transdução de escala, relógio de tempo real, bloco de monitor e bloco de troca.

 

O que está incluso no conjunto de ferramentas nível 2?
São 32 operações digitais, 24 cálculos analógicos, 12 valores de usuários, gerador de padrão, programador digital (pulso), blocos analógicos de troca, 4 temporizadores, 4 totalizadores, 3 blocos de linearização customizados, 3 blocos de transdução de escala, relógio de tempo real, bloco de monitor e bloco de troca.

 

O que é um gerador de padrão?
Permite que um grupo de valores digitais seja selecionado de uma fonte de entrada. Esta fonte pode ser provida de valores do usuário programador, de uma entrada BCD ou de uma fonte definida pelo usuário. Um exemplo de aplicação seria permitir que padrões fixos de saída a sejam aplicados em diferentes segmentos de um programa. Isso é particularmente útil quando um mesmo padrão é repetido em diferentes segmentos ou em outros programas.

 

O que é um programador digital?
Ele proporciona controle temporizado de uma entrada digital. Pode ser usado durante qualquer segmento de um programa de setpoint ou independentemente. Uma seqüência de 8 vezes off e on pode ser configurada para a saída. Um programador digital é usado para pulsar seqüências em saídas digitais reduzindo assim o número de segmentos necessários no programa principal. É útil para habilitar o programa de setpoint para trocar a tabela de vibração dentro de uma câmara ambiental de teste.

 

O que é um switch analógico?
Ele proporciona ao usuário a facilidade de selecionar um valor analógico baseado na fonte de entrada. Por exemplo, um valor de usuário do programa poderia selecionar um dos 8 valores analógicos para retransmitir a um controlador escravo.

 

O que é um download de entrada customizado?
O controlador pode armazenar até 3 linearizações de entradas customizadas e qualquer entrada PV pode usar esta linearização para caracterizar um sensor de entrada especializado. Estas linearizações são criadas pela Eurotherm usando uma ferramenta de software que pode converter dados de entrada em forma eletrônica para um arquivo que pode ser baixado para um controlador. É importante observar que essa função não se confundida com os blocos de linearização customizados.

 

O que é um bloco de linearização customizado?
Podem ser usados para caracterizar qualquer sinal dentro do controlador. Podem ser aplicados para entradas e saídas. Por exemplo, como uma entrada pode condicionar o sinal da entrada mV para se apropriar a um certa característica especial de um sensor, ou como uma saída eles podem ser aplicados para um sinal de saída PID linear normal para prove resposta não-linear.

 

O que é um bloco de monitor?
Pode ser usado para calcular o valor mínimo ou máximo para qualquer parâmetro desde o comando de reset. Também pode ser usado para medir quando um valor estiver acima do ponto de setpoint.

 

O que é um bloco de troca?
É usado para suavizar a transição entre dois sensores de entrada. Como termopar para pirômetro, onde o termopar é usado em sinais abaixo de 1100°C e o pirômetro acima.

 

O que é um bloco de escala de transdução?
São usados para proporcionar facilidades de calibração. Como em células de carga, banhos de calibração e aplicações de pressão de fusão.

 

O que é um texto do usuário?
É um conjunto de 50 rótulos de textos de 16 caracteres que podem ser usados para customizar a tela do operador para se adaptar ao processo. O texto do usuário pode ser usado para proporcionar nomes apropriados para loops, parâmetros, alarmes, mensagens, etc.

 

Como eu conecto um indicador de vácuo?
Indicadores de vácuo ativos podem ser conectados apenas no 2704. Um indicador ativo tem transmissor eletrônico no topo que proporciona uma saída na região de 0-10Vdc. Os sinais podem ser alimentados na entrada PV padrão, módulo de entrada PV e módulo AM. Entradas de vácuo são normalmente não-lineares, por isso o download de tabelas customizadas são usadas para converter a tensão da entrada para a medida desejada. O vácuo é mostrado em notação cientifica.

 

O que é um valor de programa do usuário?
É um número que pode ser configurado em cada segmento de programa entre 0 e 100. Este número pode então ser ligado a outros pontos na configuração do controlador. São normalmente usados para selecionar dentro de um segmento de um programa no qual gerador de padrão está ativo. O valor de programa do usuário pode ser enumerado de acordo com o usuário para a tela do operador mostrar um rótulo de texto diferente a cada vez que o valor mudar.

 

Quantos conjuntos de PID tem um controlador?
Os loops principais tem um máximo de 6 e o auxiliar temo máximo de 3. Além dos valores PID o conjunto pode conter cutbacks, limitadores de potência e valor analógico configurável.

 

Para que pode ser usado o valor analógico na programação do ganho PID?
Este valor é usado para se conectar a qualquer parâmetro conectável que precise ser mudado ao mesmo tempo que o PID. Um uso típico é na alteração automática de Feedforward Trim Limits em cascata.

 

Um arquivo clonado do 2604 poder ser baixado em um 2704?
Sim, porque o endereço Modbus é idêntico. Alguns parâmetros que existem num 2704 não estão presentes no 2604 e por isso pode ocorrer alguns erros. Estes podem ser ignorados apesar da interface do usuário pedir alguma customização pela diferença nos tipos de exibição.

 

Um arquivo clonado do 2704 poder ser baixado em um 2604?
Sim, porque o endereço Modbus é idêntico. Alguns parâmetros que existem em um 2704 não estão presentes no 2604 e por isso pode ocorrer alguns erros. Estes podem ser ignorados apesar da interface do usuário pedir alguma customização pela diferença nos tipos de exibição.

 

Eu tenho uma versão antiga de firmware. Posso fazer um upgrade do meu controlador para a última versão?
Sim, pode ser feito o upgrade através de um programa de upgrade de firmware. O firmware está localizado na memória flash e a o upgrade da ferramenta está disponível. Todas as versões do 26/2704 abaixo da V5.xx podem ser atualizadas para V5.xx.

 

Como eu adiciono blocos de conjuntos de ferramentas ou outras funções de software se meu controlador não as tem?
Controle extra de loops, programador, aplicações e blocos de ferramentas são todas as funções de software que são normalmente especificadas no momento do pedido. De qualquer maneira é possível incluir outras funções usando a função segura do iTools para fazer o upgrade do controlador depois da entrega. A função segura do iTools é normalmente restrita a Eurotherm e distribuidores. É importante notar que o upgrade de software requer um número de pedido antes do processamento e que uma fatura será emitida para cubrir o pedido. Por isso é necessário que se registre na Eurotherm para usar esta facilidade.

 

O que é a função track IP?
É uma função que permite uma entrada analógica para configurar diretamente a saída de controle do loop. É normalmente usada em aplicações de controle de processo para permitir que o operador inicie um processo ou máquina sob operação “manual”, por exemplo, de um potenciômetro de painel de controle. Este modo de início também pode ser obtido através conexão por software ao parâmetro manual OP, mas fazendo isso previne que a OP manual seja ajustada do painel frontal do controlador da forma normal.

 

O que é uma enumeração customizada?
Proporcionam ao usuário a facilidade de enumerar parâmetros com seus próprios textos. Por exemplo, quando uma entrada digital=1, a interface do usuário mostrará “porta aberta” e quando=0, mostrará “porta fechada”. Elas facilitam o entendimento do operador do que está acontecendo no processo.

 

Com eu uso o módulo DP com uma sonda de carbono?
Primeiro, deve estar preparado para modo dual de operação. O termopar está conectado como de costume, negativo=D e positivo=C. O canal C está configurado para o tipo de termopar apropriado. A sonda mV é conectada ao positivo=D e negativo=A, e a faixa da entrada deverá ser configurada para Z Volts alto com 0V(Elec Alto)=0000mV(Eng Alto) e -1.4V(Elec Baixo)=1400mV(Eng Baixo). Esta conexão é necessária porque o TC e o mV não esta isolados entre si. Conectando dessa maneira cancela erros de medidas causados por loops da terra. Estes valores linearizados podem ser conectados ao bloco de zircônio.

 

Eu tenho em alarme de ruptura de sensor, como eu posso saber qual sensor está com problema?
Cheque o status da entrada, rolando para a localização apropriada da entrada, Entrada/Saída padrão ou módulo de Entrada/Saída. Uma entrada aberta mostrará 'SBREAK'. Ou você pode usar um software na sua configuração para identificar este sinal para um alarme de usuário o qual mostra uma mensagem.

 

Em que ordem devo instalar minhas placas de saída na unidade, ou isso faz alguma diferença?
Não faz a menor diferença a ordem de instalação da placas de Entrada/Saída, porque o 26/2704 usa endereços conectados. As Entradas/Saídas não são ligadas fisicamente a qualquer função em particular. Você está limitado, de qualquer maneira, a localização das funções das placas selecionadas, como: placas de PV e DP nos slots 3 e 6. Placas AM nos slots 1,3,4 e 6.

 

Como você conecta um valor que não tem uma fonte conectável?
Só é possível conectar um valor que tenha um endereço conectável.

 

O que é um arquivo EDS?
Um arquivo EDS (Electronic Data Sheet) é usado em conjunto com os instrumentos DeviceNet. É um formato simples de arquivo que inclui os parâmetros configuráveis do dispositivo e interfaces públicas para estes parâmetros. Arquivos EDS podem ser usados para ferramentas de rede lerem ou configurar parâmetros nos dispositivos.

 

O que é um arquivo GDS?
Um arquivo GDS (Gerätestammdaten) contém informações de arquivo relacionadas a parâmetros de instrumentos, os quais a Profibus mestre necessita para comunicar-se com o dispositivo escravo. O arquivo GDS é criado por um editor de arquivo GDS no 26/2704.

 

É possível alterar segmentos individuais de programadores nas páginas do usuário do 2704?
Não, não temos endereços Modbus suficientes no controlador para armazenar todos os parâmetros de cada programa. Somente parâmetros com endereço Modbus podem ser promovidos à página do usuário. De qualquer maneira, você pode promover e alterar a informação do segmento em questão.

 

Como eu conecto mais de 1 alarme ao mesmo canal de saída?
Use um operador lógico com uma função OR. 8 operadores lógicos estão inclusos em cada controlador padrão.

 

Posso configurar uma saída de controle para manual e reverter para 0% de energia quando a fonte for ligada?
Sim, existe um parâmetro no loop set-up nas versões V4.xx(2604) e V5.xx(2704) chamado "Start up Mode".

 

Quantos parâmetros de comunicação mestre eu tenho no 26/2704?
38 no 2704 e 25 no 2604. Todos disponíveis como leitura ou escrita. Observe que planejamos aumentar os parâmetros do 2704 no futuro.

 

O que posso comunicar com a comunicação mestre?
Em teoria, qualquer Modbus escravo, incluindo CLPs. Certamente com as séries 2000, 2500, 900EPC, 902,818,808 da Eurotherm já existentes entre outras.

 

O que é um mapa de endereços configuráveis Modbus?
É um bloco de funções (somente disponível se especialmente pedido) que permite ao cliente redirecionar os requisitos de comunicação de um endereço identificado num mestre para um parâmetro equivalente em um endereço diferente do 26/2704. Isto é particularmente útil quando o cliente quer trocar um controlador antigo da Eurotherm por um 26/2704 e não quer alterar o software supervisório.

 

Por que uma saída DC dupla não pode prover 0-10V ou 0-20mA?
A razão principal é porque as topologias existentes de circuito não podem resolver o conflito de requisitos entre a capacidade do drive de potência (ajustada nos padrões industriais para loops de corrente 4-20mA) e o limite de dissipação máxima de potência imposto pelo tamanho e material do cabinete de 26/2704. Em outras palavras, mesmo se conseguíssemos espremer 6 canais de desenho padrão de saída capazes de prover o mínimo de potência para rodar o loop, a temperatura dentro do instrumento excederia o ponto de derretimento. Conseqüentemente, um novo desenho deveria ser adotado para certificar que o módulo de saída seja capaz de rodar várias impedâncias de loops com alta eficiência de potência. Oferecendo somente a faixa de 4-20mA certifica-se que atingimos o melhor compromisso de todos os outros fatores como materiais e custo de produção e espaço disponível no módulo.

 

Como eu consigo uma retransmissão de alta precisão?
Usando um módulo HR em modo de retransmissão de feedback. Veja TIBC160.

 

O que é modo de retransmissão de feedback?
É uma técnica de retransmissão que alimenta de volta a retransmissão em questão a um controle de loop como PV. A retransmissão alvo é o setpoint e o controle de loop PID em questão que compensa automaticamente tanto para temperatura como desvio de tempo. Esta técnica utiliza módulo HR de baixo ruído. Para informações detalhadas no TIBC160.

 

Como eu calibro o potenciômetro VP de feedback?
Quando usar um modo conectado em VP você precisa ligar o parâmetro Cal Enable. Quando este parâmetro estiver ligado você terá permissão para mover o motor para cima e para baixo apertando as teclas de subir e descer. Você poderá executar o procedimento normal de calibração para o módulo de entrada do potenciômetro. Para maiores informações veja TIBC157.

 

Posso conectar dois sensores de pressão de fusão ao 26/2704?
Sim, desde que você tenha espaço suficiente para colocar os dois módulos.

 

Quais facilidades de calibração de transdutor eu tenho no 26/2704?
Shunt (pressão de fusão), células de carga e calibração de comparação. Auto tare também é uma função disponível. O 26/2704 tem três blocos de transdução escalonados.

 

Quais sensores de vácuo são suportados pelo 2704?
Somente tipos ativos de indicadores proporcionando saídas analógicas de alto nível. A lista completa detalhada se encontra na pasta iTools/Linearizations/vacuum.

 

Como eu conecto a sensores de vácuo não suportados?
Se o indicador é do tipo ativo (saída 0-10Vdc) será necessário uma fórmula de transferência, encontrada geralmente no manual do indicador ou tabela de pressão versus vácuo. Envie esta informação a Cameron Large em Worthing que organizará a criação das curvas de linearização.

 

Qual é o expoente de oxigênio encontrado na lista de zircônia?
É uma escala para a PV do oxigênio. É necessário porque a PV do oxigênio no incinerador será em torno de 6% mas em um forno de tratamento a PV será mostrada em PPM entre 100-1000. 100 PPM é igual a 0.01% de O2.

 

Como converter a PV do oxigênio para PPM?
Ajuste o expoente do oxigênio para 4.

 

O 26/2704 suporta comunicação EI-Bysnc?
Sim, mas suporta somente um subconjunto de parâmetros, sendo o número total em excesso igual a 100. Os parâmetros mais comuns inclusos são PV, SP, OP do loop etc. O download do programa de setpoint é feito usando bisync não é possível porque a estrutura fundamental do 26/2704 é diferente do 900EPC e outros instrumentos.

 
 

©2008 Eurotherm | Informação Legal & Política de Privacidade | Powered by Eurotherm™ Brazil